Projetos Especiais

SIA SANTA com patrocínio exclusivo da FMC apresenta:

Plantando o 7


É um dia como qualquer outro no mundo dos contos de fada. E como todo dia normal, a Bruxa Malvada tenta envenenar a pobre Branca de Neve. Mas sua tentativa falha, pois a jovem logo percebe que a maçã da Bruxa está cheia de vermes. Em outro canto da floresta, Chapeuzinho Vermelho cantarola enquanto caminha para a casa de sua vovó. A garota é logo abordada pelo Lobo Mau e o malvado ordena que ela lhe entregue todas as guloseimas da cesta. Mas Chapeuzinho, preocupada com a saúde da vovó, não traz guloseimas. Mesmo assim, o Lobo rouba a cesta da garota, mas acha só verduras e legumes doentes e bichados. Enquanto isso, o pobre Gigante está com problemas de memória, pois ao perseguir João, o pé de feijão, que estava doente, não aguentou seu peso e ele caiu de ponta-cabeça. Em outro ponto da floresta, a Velha Bruxa continua a alimentar Joãozinho, na esperança de engordá-lo para, finalmente, poder comer o pobre garoto. Mas ele não engorda e reclama do sabor das guloseimas que a Bruxa prepara. Ela fica desesperada ao perceber que o trigo está doente e a farinha ficou amarga. Essa situação não pode continuar! Numa assembleia extraordinária, os vilões percebem que as verduras, frutas, legumes e grãos estão todos doentes e ficam felizes por receber ajuda do Mestre do Campo, que é um estudioso da terra e sabe os caminhos para resolver os problemas da agricultura. Os vilões acreditam ter encontrado a solução, só que o Mestre quer primeiro introduzir os princípios dos 7 hábitos da atuação responsável. Ele ensina aos vilões, como adquirir os produtos necessários através do receituário agronômico, como armazenar os defensivos agrícolas, uso correto do EPI (Equipamento de Proteção Individual), a preparação da calda, a aplicação do produto, o transporte adequado e como lidar com as sobras de embalagens. Assim, logo os vilões conseguem melhorar os resultados de suas lavouras e assim os contos clássicos podem seguir seu caminho natural, tendo o final já conhecido e esperado por todos: ‘E foram felizes para sempre!’.

Ficha Técnica:

Texto de Bruno Fantini. Direção de Jorge Fantini. Cenário e Figurinos de Marco Laporte, Edson Staffocker e Manoel Neto. Preparação Vocal de Aline Wolf. Preparação de Elenco: Ruth Elizabeth. Supervisão Artística de Crispim Júnior. Produção Teatro Sia Santa. 

A Equipe de Realização (Elenco e Técnicos), feita por Escala de Revezamento, conta com: Adamys Susan, Bete Bastos, Lucas Barbosa, Priscila Martins, Silvio Leme, Darcy Rodrigues, Manoel Neto, Pedro França, Vitor Olivero, Valéria Rachel e Wanderley Francisco.

E ainda eventualmente:  Renato Bruno, Edson Lozano, Rose Braga, Ricardo Derkoski, Viviane Munuera, Kaê Payão, Ruth Elizabeth, Lilian Lazarette, Adriana Souza, Diego Caporal, Hellen Mistura, Josué Galinari, Renato Grecco, Rogério Barbatti, Nilson Garcia e Thiago Cortez. 

Espetáculo concebido especialmente para o Projeto de Atuação Responsável da FMC, cujo patrocínio exclusivo, permite mostrar o espetáculo, gratuitamente, a milhares de crianças de escolas públicas, e ainda, comunidades agrícolas e indígenas do interior do Brasil. O Projeto prevê também Oficinas Teatrais aos professores. O espetáculo também é apresentado no idioma espanhol, nas apresentações na América Latina. 

Árvore da Vida


O besouro Tropo, a joaninha Mili e a vespa Sansa são os insetos campeões do último torneio da árvore da vida. Eles percebem que a grande árvore está doente e não sabem o que fazer para salva-la. Um pequeno inseto chamado Naní quer ajudar e consulta o livro 'Agricultura', mas descobre que faltam as 3 últimas páginas onde estão informações muito importantes. Com a ajuda do pequeno Naní, os insetos partem em busca das páginas e ficam sabendo que elas estão em poder dos campeões do passado: o louva-a-deus Kadê, a centopéia Enciclopéia e a terrível aranha Arak. Durante a missão eles acabam descobrindo que “é necessário aprender a fazer antes de fazer”, e a maneira que Arak cuida de seu meio ambiente é a resposta. O segredo está na sustentabilidade, pois não seria possível salvar a grande árvore sem cuidar de toda a natureza. Com as lições aprendidas eles salvam a grande árvore da vida e o grupo de insetos campeões ganha mais um campeão, o vaga-lume Naní.

Ficha Técnica:

Texto de Bruno Fantini. Direção de Jorge Fantini. Assistente de direção de Ruth Elizabeth. Cenografia e figurinos de Edison Staffocker e Manoel Neto. Trilha sonora original do maestro Ney Carrasco. Preparação vocal de Aline Wolf. Preparação de Elenco de Ruth Elizabeth. Consultoria de projetos de Christiane Lafayette. Supervisão artística e administração geral de Crispim Júnior.

A Equipe de Realização (Elenco e Técnicos), feita por Escala de Revezamento, conta com: Adamys Susan, Bete Bastos, Lucas Barbosa, Priscila Martins, Silvio Leme, Darcy Rodrigues, Manoel Neto, Pedro França, Vitor Olivero, Valéria Rachel e Wanderley Francisco.

E ainda eventualmente:  Renato Bruno, Edson Lozano, Rose Braga, Ricardo Derkoski, Viviane Munuera, Kaê Payão, Ruth Elizabeth, Lilian Lazarette, Adriana Souza, Diego Caporal, Hellen Mistura, Josué Galinari, Renato Grecco, Rogério Barbatti, Nilson Garcia e Thiago Cortez. 

Este espetáculo também foi concebido especialmente para o Projeto de Atuação Responsável da FMC, cujo patrocínio exclusivo, permite mostrar o espetáculo, gratuitamente, a milhares de crianças de escolas públicas, e ainda, comunidades agrícolas e indígenas do interior do Brasil. O Projeto prevê também Oficinas Teatrais aos professores. ÁRVORE DA VIDA também é apresentado no idioma espanhol, nas apresentações na América Latina.