Imprimir

Entre o Céu e o Inferno


Entre o Céu e o Inferno é a estória de um técnico especializado chamado José, que não se preocupava com a segurança. Como num pesadelo, ele se vê morto em um caixão na sala da sua casa, sob o olhar triste da esposa e dos amigos. Sem entender direito, ele é recebido pelo próprio São Pedro, que lhe mostra seu prontuário e os hábitos imprudentes que o levaram até o Céu. Mas o nosso Zé não respeita as regras do Céu... e São Pedro o expulsa de lá para o inferno. No inferno, o Zé reencontra alguns conhecidos seus lá da empresa, que o encaminham para um Setor vital: “o 5º do inferno”. Por não estar utilizando os EPIs, o Zé causa um acidente de trabalho e acaba também expulso do inferno. Quando está refletindo entre o céu e o inferno, arrepende-se e vai pedir uma nova chance a São Pedro, prometendo modificar o seu modo de vida. Aprendeu a lição! Acabou o pesadelo. José desperta para a segurança.

Ficha Técnica:

Direção de Jorge Fantini. Texto de Nelly Guernelli. Produção Teatro Sia Santa. Supervisão Artística e Administração de Crispim Júnior.

Preparação de Elenco: Ruth Elizabeth e Aline Wolf.

A Equipe de Realização (Elenco e Técnicos), feita por Escala de Revezamento, conta com: Adamys Susan, Bete Bastos, Lucas Barbosa, Priscila Martins, Silvio Leme, Darcy Rodrigues, Manoel Neto, Pedro França, Vitor Olivero, Valéria Rachel e Wanderley Francisco.

E ainda eventualmente:  Renato Bruno, Edson Lozano, Rose Braga, Ricardo Derkoski, Viviane Munuera, Kaê Payão, Ruth Elizabeth, Lilian Lazarette, Adriana Souza, Diego Caporal, Hellen Mistura, Josué Galinari, Renato Grecco, Rogério Barbatti, Nilson Garcia e Thiago Cortez. 

É a comédia corporativa mais requisitada quando se trata de SIPAT.

A montagem: A encenação é feita com um elenco de 3 atores e 3 atrizes, com uma ambientação cenográfica dinâmica e adaptável aos mais diversos palcos e espaços cênicos das empresas. A montagem dispõe de recursos próprios de som e luz, incluindo o transporte dos artistas, técnicos e o material cênico, além da montagem, operação e desmonte. O espetáculo tem 40 minutos de duração, sendo especialmente indicado para as SIPATs, e eventos empresariais similares. O espetáculo já atendeu as SIPATs: BOSCH, DAKO, ORSA, RHODIA, JORNAL O ESTADÃO, BENTELER, EXXONMOBIL, ZACCARIA, EMS, MERIAL, VALEO, CRODA, GEVISA, CPFL, AUTOBAN, GRUPO CCR, PALINI & ALVES, NUTRON, REDE SESC, entre outras.

O texto permite adaptações e adequações ao tema e características de cada evento.

É uma excelente alternativa de treinamento e reflexão através das situações bem humoradas de uma comédia ao vivo, com interação da plateia. É possível agendar apresentações para todos os turnos de trabalho, otimizando o dia contratado, atingindo todos os colaboradores e terceirizados.